Ultra Carnem, de Cesar Bravo

14:23:00


“Na disputa entre o céu e o inferno, nós somos o prato principal.”

Padre Giordano, responsável pelo orfanato local, já estava acostumado a receber crianças abandonadas pela família. No entanto, a visita que ele recebeu numa certa noite o deixou desconfiado. Uma mulher já mais velha, com cerca de sessenta anos, insistiu para deixar um garoto com ele, afirmando que era seu irmão. De acordo com a senhora, sua família, uma caravana de ciganos, acreditava que o menino possuía um demônio e por conta disso decidiu expulsá-lo do grupo. Um tanto relutante, Giordano acolheu a criança. 

O garoto era Wladimir Lester, que mesmo com apenas nove anos de idade era visto como um perigo pela sua comunidade. Vestindo roupas características da sua tradição, não foi fácil para Lester interagir com as outras crianças, já que estas o chamavam de filho do diabo. Por esse motivo, o padre decidiu ceder um quarto para que o garoto praticasse a sua maior paixão: pintar. Sempre carregando um vidrinho com sua tinta vermelha especial, Wladimir revezava seu tempo pintando quadros para a Igreja e quadros para si. Não demorou muito para que a presença desse ciganinho mudasse completamente a rotina do orfanato. 


O livro é dividido em quatro partes, sendo que todas elas estão relacionadas de alguma forma com a primeira, a qual retrata a história de Wladimir Lester, um garotinho cigano misterioso abandonado pela família. Apesar da pouca idade, menos de dez anos, o menino possui um talento inegável para pintura. Sempre mantendo no bolso o tubo com sua tinta especial, Lester produz quadros pessoais e também para a Igreja, cumprindo o acordo feito com o padre Giordano. Entretanto, mesmo tentando ficar na sua, pintando no seu novo ateliê, o garoto se torna alvo de perturbação de outros órfãos. Esse fato acaba trazendo à tona a razão pela qual o ciganinho foi expulso do seu grupo.

A primeira parte de Ultra Carnem é, talvez, a mais interessante, pois introduz o personagem responsável pela mitologia que funciona como plano de fundo de toda a obra. Nesse primeiro momento são apresentadas algumas informações da história de Lester que vão sendo mais abordadas durante o desenvolvimento. A segunda segue um estilo parecido com a da anterior já que é protagonizada por um indivíduo bastante interessado na vida do garoto cigano, de modo que nessa parte são respondidas mais algumas questões relacionadas a Wladimir. Por conta desses aspectos, essas foram as parcelas do livro que eu mais gostei e que mais me envolveram.


A terceira e quarta partes me cansaram um tanto, principalmente pela maneira como o Cesar Bravo decidiu retratar alguns personagens. Essas duas tramas não despertaram o meu interesse e alguns pontos da narrativa acabaram me incomodando. Além disso, por mais que eu tenha gostado dos segmentos anteriores, eu achei todas as histórias bem previsíveis e não fiquei assustada ou senti medo durante a leitura. O livro apresenta um clima ligado ao terror, mas não provoca o esperado desse gênero.

Apesar de ter quase 400 páginas, Ultra Carnem é bem fácil de ser lido devido aos capítulos curtos, em sua maioria, e repletos de diálogos. As duas primeiras partes são as mais envolventes, o que acaba facilitando ainda mais a leitura, já que empolgam o leitor, despertando e satisfazendo a sua curiosidade em relação à vida de Wladimir Lester. No entanto, a obra não é tudo isso. Como eu mencionei, as tramas não surpreendem quem está lendo, nem mesmo aqueles que não estão acostumados a ler coisas de terror, que é o meu caso. Devido aos inúmeros comentários positivos que eu vi sobre esse livro, eu esperava bem mais dele e acabei me decepcionando. Ainda assim, foi uma leitura legal para passar um tempo, já que essa é uma obra que não exige muito do leitor. 

"O mundo não é dividido entre o bem e o mal. Há luz e trevas dentro de todos nós."


Minha Estante #85
Título: Ultra Carnem
Autor (a): Cesar Bravo
Páginas: 384
Editora: DarkSide
Nota: 3/5
Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino
Livro cedido em parceria com a editora



Já leram Ultra Carnem? O que acharam da mitologia criada por Cesar Bravo? Me contem nos comentários! 
Beijos e até amanhã!

♥ Banco de Séries | Facebook | Filmow | Goodreads | Instagram | Skoob | Twitter | YouTube ♥

You Might Also Like

2 comentários

  1. Gabi!
    Não li ainda, mas estou com boas expectativas em relação ao livro, embora quando isso acontece, geralmente não achamos lá essas coisas o livro, mas ainda assim, quero conhecer o autor e como gosto do estilo, quero poder apreciar.
    “O saber se aprende com os mestres. A sabedoria, só com o corriqueiro da vida.” (Cora Coralina)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rudy! Várias pessoas amaram o livro, então talvez você deva dar uma chance a ele. Espero que goste da leitura. Beijos ♥

      Excluir

Não vai sair sem deixar um comentário, né? Sua opinião é muito importante para mim.
Por favor, deixe o link do seu blog no final do comentário, assim poderei retribuir a visita.
Obrigada. Volte sempre!

Layout por Gabrielle Oliveira. Tecnologia do Blogger.

Twitter

@blogfrasesperdidas

Subscribe