Liturgia do Fim, de Marília Arnaud

12:13:00


Inácio é um homem já feito. Escritor, professor, casado e com uma filha, decide que está na hora de se distanciar da sua realidade atual e voltar ao passado. Para isso, abandona a família e retorna para o local onde viveu durante boa parte da sua vida: Perdição, sua cidade natal.

Liturgia do Fim é um livro bem curto, com somente 150 páginas, por isso essa pequena sinopse é tudo o que eu posso contar acerca do enredo sem entregar spoilers. Através dessas informações, é possível perceber que a trama é bem simples. O diferencial dessa obra consiste na escrita da autora e na maneira como ela decidiu conduzir a história. 

Uma questão bastante retratada na obra é o patriarcado e a condição da mulher. Durante o desenvolvimento, duas personagens são apresentadas e, apesar de viverem no mesmo contexto, apresentam comportamentos bem distintos: uma é completamente submissa, enquanto a outra busca sempre se rebelar quanto às situações e ordens que lhes são impostas. Essas mulheres são a mãe e uma irmã de Inácio, e a maneira como elas se impõem é referente a Joaquim, o pai e chefe da casa.


A temática central do livro é a família e a peça chave para o desejo de mudança do protagonista, para a sua necessidade de retornar ao passado, é o seu pai, um homem autoritário e bastante opressor. A narrativa é feita em primeira pessoa pelo Inácio, numa espécie de monólogo, e aos poucos esse personagem vai contando sua história, ao passo que o leitor vai entendendo como o Joaquim lhe influenciou e transformou a sua vida. 

A linguagem empregada pela autora é bastante poética e a forma como ela escolheu contar essa história torna a leitura muito envolvente. Em nenhum momento o narrador fala diretamente o que aconteceu. É função do leitor seguir as pistas deixadas por Inácio e ir encaixando as peças do quebra-cabeça que é a sua existência. Por ser um monólogo, os diálogos estão misturados à fala do protagonista, porém é possível distinguir as vozes nessas passagens.

Essa obra me surpreendeu e a cada página eu percebia o quanto estava enganada em relação às motivações de Inácio para voltar à Perdição. Cada revelação me deixava mais surpresa e me fazia notar que a trama criada pela autora foi muito bem pensada, de modo que aos poucos ela vai perdendo a sua simplicidade e se mostrando algo mais elaborado. Se você gosta de livros surpreendentes, envolventes e com um quê de mistério, Liturgia do Fim está recomendado.


Minha Estante #69
Título: Liturgia do Fim
Autor (a): Marília Arnaud
Páginas: 150
Editora: Tordesilhas
Nota: 4/5
Onde comprar: Amazon | Americanas | FNAC | Saraiva 
Livro cedido em parceria com a editora




Já conheciam Liturgia do Fim? O que acharam da história? Me contem nos comentários!
Beijos e até o próximo post!


♥ Banco de Séries | Facebook | Filmow | Goodreads | Instagram | Skoob | Twitter | YouTube ♥

You Might Also Like

0 comentários

Não vai sair sem deixar um comentário, né? Sua opinião é muito importante para mim.
Por favor, deixe o link do seu blog no final do comentário, assim poderei retribuir a visita.
Obrigada. Volte sempre!

Layout por Gabrielle Oliveira. Tecnologia do Blogger.

Twitter

@blogfrasesperdidas

Subscribe